Blogs

Escrever é algo que me faz bem. Simples assim!

Posts mais recentes em meus blogs

Seja o primeiro a ler as novidades!

Para obter novos resultados, é imperativo explorar novos caminhos. Às vezes, nos encontramos presos em uma rotina confortável, mas estagnante. Para romper esse ciclo, devemos ter a coragem de fazer novas escolhas e agir de forma diferente. Como diz o ditado, "Insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes".

Considerado um dos melhores escritores de regionalismo do país, Graciliano Ramos é autor de dois livros essenciais para se compreender o Brasil, especialmente a região Nordeste: Vidas Secas e S. Bernardo. De forma inédita, os dois títulos são lançados em edição única pelo selo Temporalis, da Citadel Grupo Editorial.

Você já parou para pensar o quanto o nosso tempo nesse mundo é pífio? A ciência diz que nossa expectativa de vida é de 73 anos. Se nenhuma tragédia nos pegar pelo caminho, se nos alimentarmos bem, cuidarmos do corpo e da saúde e tivermos um pouco de sorte, talvez consigamos chegar aos 80. Parece bastante, não é verdade? Mas...

Em meio à correria do dia a dia, muitas vezes negligenciamos algo essencial: o valor das pessoas ao nosso redor enquanto estão presentes em nossas vidas. A vida é efêmera, e o amanhã pode não chegar para todos. Por isso, é crucial aprender a dar valor às pessoas enquanto estão aqui, presentes e disponíveis para nós.

Novos caminhos

03/04/2024

No caminho incerto, ousadia se faz,
Na senda desconhecida, o coração palpita,
Entre medo e esperança, a alma acredita,
Que na nova estrada, a luz reluz mais.

Escolher uma nova estrada para trilhar é uma das mais desafiadoras e emocionantes jornadas que podemos empreender na vida. A incerteza do desconhecido pode gerar medo e ansiedade, mas também traz consigo a promessa de oportunidades e crescimento pessoal. Muitas vezes, a decisão de abandonar o conforto da estrada conhecida e seguir por um novo...

Na estrada da vida, avançamos com fé,
Conquistando vitórias, enfrentando a dor.
Mas no caminho, há quem inveje o que é,
Sem ver os espinhos, só vê a flor.

Em um mundo onde a inveja muitas vezes se disfarça de admiração distorcida, é crucial reconhecer a importância de ignorar aqueles que são impulsionados por sentimentos negativos em relação ao nosso sucesso. Ao nos concentrarmos em nossas próprias jornadas e desafios, podemos evitar sermos consumidos pela energia tóxica da inveja alheia.


Cuidar da própria vida é uma jornada de autodescoberta e autotransformação. Assim como um jardim necessita de atenção constante para florescer, nossa vida requer cuidados para alcançar seu pleno potencial. Ao invés de nos perdermos na comparação com os jardins alheios, devemos concentrar nossa energia em nutrir nosso próprio espaço.

Seja o primeiro a ler as novidades!