Soneto de vida inacabada

Os amores vêm e vão como as ondas do mar,
Alguns marcam, outros nem deixam,
Alguns que nos fazem bem e outros que nos queixam,
Mas todos têm hora e momento para acabar.

O amor é mesmo eterno enquanto dura,
E às vezes acaba sem nem percebermos,
Mas todos parecem acabar quando não queremos,
E abre em nossa alma uma ruptura.

Mas existe amor que são mesmo para sempre,
E não importa o tempo eles seguem ali,
Corroendo a felicidade da gente,

E você é um desses amores que vivi,
Um amor que nunca sai da minha mente,
Um amor que até hoje não sei se perdi.