Valdonês na Câmara de Vereadores de Tenente Portela

13/05/2020

O ex-cacique Valdonês Joaquim, PSD, agora em regime semiaberto, vai pedir a restituição do seu cargo como vereador de Tenente Portela. Ele foi o edil mais votado nas eleições passadas.

Na sentença que o condenou, acusado de participação em assaltos aos bancos Sicredi e Banrisul ocorridos em Miraguaí em 2017, foi citado que a Câmara deveria decidir sobre a perda do mandato do vereador preso.
Não houve um processo de cassação e por consequência ele segue com direito ao mandato. O presidente da Câmara, Natanael Diniz de Campos, MDB, vai ter que analisar junto com a assessoria jurídica da casa se aceita ou não o pedido.

Se aceitar, Valdonês retoma a sua cadeira, hoje ocupada por Itomar Ortolan, que deixou o MDB e migrou para o PP.

A assessoria de Valdonês Joaquim está confiante que ele vai reaver a sua cadeira, no entanto, após isso, ele terá que conseguir ainda uma autorização judicial para se apresentar no Presídio de Três Passos mais tarde do que atualmente. Atualmente ele deixa a casa prisional às 07 horas para trabalhar e retorna às 19 horas, o quê impossibilitaria a sua participação nas sessões."Notícias e opiniões sobre a Política Regional, são publicadas neste espaço nas noites de segundas, quartas e sextas-feiras."


Ajude a manter esse blog no ar. Doe qualquer quantia depositando ou transferindo para as contas bancárias abaixo:


Banco: Sicredi
Agência: 0313
Conta: 51996-0


Banco: Nu Pagamentos S.A (260)
Agência: 0001
Conta: 45625305-5

Jonas Marcos dos Santos Martins Pinto
CPF: 018.528.850-25