Intervenção Militar é tolice

21/04/2020

 Foto: Mauro Schaefer
Foto: Mauro Schaefer

No mundo atual, qualquer opção que não seja a democracia direta é tolice. Tirar do povo o seu direito de escolher é inconcebível no tempo em que vivemos. Isso jamais pode acontecer.

Qualquer sistema autoritarista é alicerçado em uma ferramenta fundamental: controle da informação. Essa é a única maneira de você conter as massas. Por isso, alguns falam tanto em regulamentação da imprensa.

O detalhe é que no mundo atual, a informação não é mais produto apenas da imprensa tradicional e formal. Estamos na era digital e a maioria das pessoas tem na palma da mão seu próprio canal de televisão, estação de rádio e jornal. É impossível controlar a narrativa no mundo atual.

Se a internet existisse nos anos 60, os militares jamais teriam ficado tanto tempo no poder. Não é possível você impedir a liberdade de expressão e afugentar a oposição em um país onde haja acesso online popularizado.

Os regimes comunistas que ainda se mantém estão se adaptando ou acabando. O regime de Cuba vai acabar. China está se adaptando. A internet vai se popularizar nestes regimes e quando isso acontecer não haverá mais forças do estado totalitarista que seja capaz de controlá-la.

O grupo que pede intervenção militar é tolo. Pois, somente um tolo usa uma manifestação para pedir a retirada do seu direito de se manifestar. É uma luta inglória, iludida por uma falsa convicção saudosista que jamais vai vigorar, afinal, por aqui, felizmente, existe a internet.